quinta-feira, 3 de abril de 2008

Vestida para trabalhar!

Quando a profissão não exige uniforme, a hora de decidir o que usar para ir ao trabalho pode ser um tormento. Será que essa cor é chamativa, esse decote é muito grande, a calça ou saia são muito justas? A forma como você se veste faz parte do seu marketing pessoal. Mesmo quem não trabalha em grandes empresas precisa tomar cuidado com o que vai vestir.

Para profissões mais formais deve-se optar pela discrição. Seu visual precisa ser clean, sem extravagâncias. Blazers, saias (sempre na altura dos joelhos), calças clássicas, terninhos, vestidos tubo, cardigãs, coletes, tailleur e camisas de seda são as roupas mais adequadas. Malhas, casacos ou lenços ajudam em ambientes com ar condicionado. Evite decotes provocantes, roupas justas, ou que chame a atenção para seu corpo. A palavra sexy e trabalho não combinam.

Se você trabalha em um ambiente informal, há mais liberdade de escolha , mas é preciso ter cuidado para não cair na vulgaridade ou no desleixo e acabar se tornando o centro das atenções (por um ângulo negativo).

Nada curto, justo ou decotado demais. Alguns cuidados com cores e estampas também são necessários.

Se você precida passar muitas horas sentada, opte pela malha que não vai prender sua circulação e nem incomodar. O moleton deve se restringir às academias de ginástica ou ao lar. Shorts é muito bom e prático, mas para andar em casa.

Casacos e jaquetas estão em alta. E como geralmente a temperatura varia muito, tenha um sempre à mão. Em locais que exijam grandes movimentos de baixar, levantar e caminhar a atenção na roupa adequada deve ser redobrada.


Fonte: Acessa.com/mulher

3 comentários:

Ana Paula. disse...

Ai Ana, minha tava precisando mesmo de uma dica assim! Meu, como é difícil escolher uma roupa para trabalhar, né? Só nós, mulheres sabemos o quanto é... mas essas dicas vão me ajudar bastante!

Lucia disse...

Muito boas as dicas... é sempre uma dificuldade escolher a roupa certa! Valeu...

Anônimo disse...

Valeu Ana pelas dicas.... Acho que terninho combina muito bem com trabalho, e roupa curta está totalmente fora!